Jeff Giassi vence Grande Final Pro Racing em Suzuka e conquista tricampeonato da Porsche Esports Carrera Cup 2021

Gustavo Ariel foi o vice-campeão, seguido por Victor Miranda. Transmissão da decisão ultrapassou a marca de 150 mil pessoas na audiência. Assista à transmissão completa aqui: https://youtu.be/ABfR7tFRv2Q

A Porsche Esports Carrera Cup tem um tricampeão, Jeff Giassi.

Nesta terça-feira o circuito de Suzuka revelou o grande vencedor da edição 2021 do maior campeonato de automobilismo virtual do país. O piloto da equipe Giassi Supermercados fez a pole position, venceu a primeira prova e foi quarto na corrida 2 da Grande Final Pro Racing.

Gustavo Ariel ficou com o vice-campeonato, vencendo a segunda prova e subindo ao pódio da corrida 1, em segundo lugar. O piloto da Full Time E-sports by TK fecha o ano com o recorde de vitórias, ao todo o piloto subiu 3 vezes no lugar mais alto do pódio.

Victor Miranda conquistou o terceiro lugar na competição com o segundo lugar na corrida 2, em disputa quente com Rafa Martins pelo último prêmio disponível. Os pilotos se envolveram em um incidente logo na primeira volta da corrida 1, mas Miranda se recuperou e escalou o pelotão para terminar a temporada em alta.

Gustavo Ariel e Victor Miranda ganharam uma clínica de pilotagem da Porsche Cup Brasil, a bordo de um Porsche 911 GT3 Cup utilizado pela categoria nas pistas de corrida.

Assim como em 2020, Giassi levou para casa um exclusivo relógio TAG Heuer Carrera, prêmio máximo destinado ao vencedor do campeonato.

O campeão da Porsche Esports Carrera Cup ainda recebe 500 dólares de créditos no simulador Iracing, o vice 300 dólares o terceiro colocado 200 dólares.

O Porsche Esports Program Brasil é uma iniciativa da Porsche Brasil e Porsche Cup Brasil, com patrocínio da TAG Heuer, Pro Racing Simuladores, P1 Speed e parceria técnica com IRB e-Sports.

As corridas:

Jeff Giassi cravou a pole position, seguido por Luiz Felipe Tavares, Victor Miranda e Gustavo Ariel. Na largada os líderes mantiveram suas posições, Rafa Martins superou Ariel e pulou para quarto.

Na sequência Martins passou a atacar Victor Miranda, os dois escaparam da pista e ambos perderam muitas posições, Gustavo Ariel escapou dos incidentes e já ocupava o terceiro posto. O piloto da Full Time E-sports by TK precisava vencer para descontar a diferença para Giassi.

Na sequência Tavares passou a pressionar Giassi, o catarinense sustentava a liderança enquanto Ariel também se aproximava da briga.

Valendo a sexta posição, Raphael Silva suportava os ataques de Dudu Barrichello neste início de prova.

Após dez minutos, Caique Oliveira começou a se aproximar dos três primeiros, o piloto do Corinthians era 3 décimos por volta mais rápido. Enquanto isso Giassi se defendia de Luiz Felipe Tavares, o LFT, e Gustavo Ariel.

Embora não houvesse a ultrapassagem, o clima de tensão era alto na briga pela vitória, Ariel e Tavares seguiam pressionando Giassi esperando um erro do então bicampeão da categoria. Neste momento Erick Goldner fez uma manobra espetacular colocando por fora de Flávio Xavier na saída curva 1 e ficando por dentro na primeira perna da sequência de “S”, assumindo o oitavo lugar.

Nos 10 minutos finais a corrida ficou quente, César Froener perdeu o controle na curva Degner, Barrichello aproveitou e pulou para o sexto lugar. Tavares chegou a colocar o carro por fora na entrada da curva 1 mas Giassi manteve a liderança.

Faltando apenas sete minutos para o fim Gustavo Ariel fez uma excelente manobra e saltou para o segundo posto, o piloto do Porsche #12 ameaçou colocar por fora na entrada da curva 1 e quando LFT perdeu a tangência, Ariel cortou para o lado de dentro, Caique Oliveira também aproveitou o espaço aberto por Tavares e assumiu a terceira posição.

Os cinco minutos finais foram incríveis, Giassi e Ariel disputavam cada centímetro de pista, o título da temporada 2021 estava em jogo e neste momento somente os dois pilotos poderiam ser campeões.

Tavares recuperava o terceiro lugar a duas voltas do fim na curva Spoon, enquanto isso Ariel tentava a ultrapassagem no Hairpin, Giassi freou tarde e manteve a ponta. Na última volta Ariel acompanhou de perto o líder, ambos erraram a chicane que leva à reta dos boxes, o piloto da Giassi Supermercados se recuperou, venceu e garantiu o tricampeonato do Porsche Esports Carrera Cup, Tavares e Ariel se bateram na linha de chegada com LFT levando a pior e terminando em terceiro.

Flávio Xavier e Raphael Silva formaram a primeira fila da corrida 2 pela regra do grid invertido entre os 10 primeiros. Assim como na corrida 1 os ponteiros mantiveram suas posições, no fim do grid acontecia um múltiplo acidente ainda na reta dos boxes.

Erick Goldner galgava posições e ocupava o quinto lugar após ultrapassagem sobre Tavares, na sequência LFT tocou Goldner e jogou o piloto para fora da pista, Bernardo Faria também perdeu o controle ao tentar desviar do acidente.

Victor Miranda buscava a terceira colocação no campeonato e já avançava na corrida, o piloto do Porsche #17 superava Raphel Silva e aparecia em segundo.

Na reta dos boxes Xavier, Miranda e Silva faziam o Three Wide, Miranda assumiu a liderança de Xavier e Silva caiu para o quinto lugar após escapar da pista.

Gustavo Ariel era um dos destaques da prova, após 10 minutos já saltava cinco posições e era o terceiro colocado, neste momento foi anunciada a punição para Luiz Felipe Tavares.

No top-10 Caique Oliveira, Flávio Xavier e César Froener disputavam o quarto lugar, Xavier e Froener foram para cima do piloto do Corinthians, Xavier assumiu o quarto lugar com uma ótima manobra no hairpin.

Na sequência Froener tentou a manobra na curva Spoon, Oliveira escapou da pista mas ainda se manteve no top-5, enquanto isso Xavier perdia rendimento caía para o 9º lugar.

Na metade da prova Jeff Giassi ocupava a sexta posição escalando 4 posições em relação ao grid de largada, como não havia chance matemática de ser superado, somente a desclassificação da etapa poderia tirar o título.

Neste momento Tavares foi excluído da prova por não cumprir a punição, com isso Victor Miranda passou a receber os ataques de Gustavo Ariel, o vice-líder do certame e da corrida.

Os dez minutos finais foram quentes, Ariel tentava vencer a prova, Miranda se defendia, mas não podia se envolver em acidentes, o terceiro lugar e a premiação estavam em jogo.

Na sequência Gustavo Ariel fez uma linda manobra colocando seu Porsche por dentro na entrada da curva 1, Victor Miranda tentou se manter no traçado externo, mas caiu para o segundo lugar.

Na batalha pelo quinto lugar Raphael Silva cometeu um erro na chicane que leva até a reta dos boxes, Rafa Martins colocou de lado, houve o toque, mas ambos continuaram.

Jeff Giassi seguia avançando na prova e faltando 5 minutos para o fim passou a atacar Oliveira em busca do terceiro lugar.

A disputa pelo 5º lugar era quente, Martins, Xavier e Froener pressionavam Silva que cometeu um erro na curva 130R e voltou de forma perigosa para a pista, acertando Rafa Martins. Xavier assumiu o quinto lugar.

Na volta final Miranda tentou aproximar, mas Gustavo Ariel manteve a ponta e venceu pela terceira vez na temporada. Giassi foi o quarto colocado, confirmando o título da temporada 2021.

 

O que eles disseram:

“Foi uma corrida muito difícil, nos preparamos muito para essa última etapa. Nossa disputa era na vaga para a clínica que o terceiro lugar garantiria. A preparação foi intensa para essa etapa, o carro estava bem acertado. Um errinho na primeira bateria quase jogou o sonho fora, mas um movimento quase orquestrado com o Rafa Martins também rodando e caindo para o fundo do pelotão comigo, enquanto isso o Caique pontuava muito e se aproximava muito na disputa. A equipe ficou com a calculadora na mão a etapa inteira. Joguei com o regulamento na última prova, a missão do Caique era difícil então consegui garantir o resultado. Estava muito mal durante o dia, não estava conseguindo acreditar na situação que estava indo para a corrida.”

Victor Miranda – Energy Simsport

“Consegui esse terceiro lugar na segunda bateria e finalizei o campeonato com a chave de ouro. Quero parabenizar o Giassi pelo campeonato, ele é um baita piloto e fez uma temporada incrível com o Ariel pressionando muito ele. Parabéns ao Victor pelo terceiro lugar que garantiu a clínica da Porsche para ele. Meu primeiro foco era conseguir um upgrade no meu equipamento, acredito que isso mude muito meu desempenho nas pistas, foi meu primeiro ano correndo no AV nacional e terminar no top5 me deixou muito feliz e motivado para a próxima temporada.”

Caique Oliveira – Corinthians Bread King

“Corrida muito difícil, tentei não atrapalhar a disputa pelo título, tentei sobreviver, não errar e conseguir um bom resultado. Feliz demais em conseguir esse pódio depois de uma temporada muito difícil para mim.”

Luiz Felipe Tavares – Bengutan Racing

“Consegui aos 48 do segundo tempo fazer uma boa volta no quali para largar da frente. Estou melhorando aos poucos minha largada que tem sido meu ponto fraco. Fiz uma boa bateria 1, consegui um segundo lugar. Foquei em garantir a clínica e terminar bem o campeonato. Parabenizo o Jeff por mais um título, ele mereceu muito essa conquista. Evolui muito desde as últimas temporadas. Agradeço a todos que me ajudaram nessa temporada e nesse processo de evolução nos últimos anos.”

Gustavo Ariel – Full Time E-sports by TK

“Estou muito feliz, o ano tem sido incrivel para mim. Começou difícil, troquei de equipe e por uma boa parte do ano só queria que ele acabasse. Fiz tudo que era possível para transformar esse ano em algo melhor. Evolui muito como piloto na segunda metade do ano. Tive muito apoio dos patrocinadores e da minha família para correr no real também e me sagrar campeão da Endurance nos carros da Porsche Cup. Encerrei o ano com chave de ouro, vencendo no virtual também. Não tenho palavras para descrever o que estou sentindo. Três anos atrás não era ninguém e hoje sou tricampeão do Porsche Esports Brasil. São 20 anos de carreira nas pistas, esse título foi um presente enorme para mim. Agradeço a todos que tornaram isso real, parabéns ao Ariel que fez um enorme campeonato, aprendi muito com ele que usei nas pistas reais, todas as disputas foram importantes para mim.”

Jeff Giassi – Giassi Supermercados

Corrida 1:

1. Jeff Giassi
2. Gustavo Ariel
3. Luiz Felipe Tavares
4. Caique Oliveira
5. César Froener
6. Eduardo Barrichello
7. Erick Goldner
8. Victor Miranda
9. Raphael Silva
10. Flavio Xavier

Corrida 2:

1. Gustavo Ariel
2. Victor Miranda
3. Caique Oliveira
4. Jeff Giassi
5. Flavio Xavier
6. César Froener
7. Matheus Machado
8. Adaildo Vieira
9. Erick Goldner
10. Gabriel Silva

Campeonato (top10):

1. Jeff Giassi – 319 pontos
2. Gustavo Ariel – 282
3. Victor Miranda – 225
4. Caique Oliveira – 214
5. Rafael Martins – 203
6. César Froener – 186
7. Eduardo Barrichello – 155
8. Erick Goldner – 143
9. Matheus Machado – 133
10. Gabriel Silva – 128